Canastra Suja


Em Canastra Suja, Caio Soh busca o retrato em ¾ do que seria uma família disfuncional. Batista (Marco Ricca) e Maria (Adriana Esteves) formam o casal em aparência feliz, com suas duas filhas e um filho. Só que ele é alcoólatra e ela mantém um caso fora do casamento, ainda por cima com o namorado da filha mais velha, Emilia (Bianca Bin).

Acresce que o filho, Pedro (Pedro Nercessian) não vê qualquer motivo para estudar ou trabalhar. A caçula, Rita (Cacá Ottoni) encontra-se ainda mais distante e parece sofrer de autismo.O quadro é apresentado de modo algo teatral e evoca o universo de Nelson Rodrigues.

Tudo seria muito promissor, ainda mais quando se tem um elenco com Marco Ricca e Adriana Esteves, capazes de imprimir sutilezas e nuances mesmo a textos pouco propícios.

Acontece que nem eles conseguem salvar a trajetória de uma trama que afunda cada vez mais numa espécie de sordidez estetizada. O já citado Nelson Rodrigues conseguia extrair lirismo da pantanosa condição humana. Não é para todos.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.