O Brasil ainda não merece a Bossa Nova

Bossa Nova 60 anos Todo vento soprava a favor do Brasil naquele final de década de 1950. Um governo progressista, conquistas esportivas internacionais no futebol, no boxe, no tênis, uma indústria automobilística nascente, uma nova capital sendo construída no meio do imenso território do país. O gigante despertara. E, além de forte, parecia elegante, gentil … Continue lendo O Brasil ainda não merece a Bossa Nova