O Inferno são os outros

Causa surpresa na plateia a exibição de Inferninho, de Pedro Diógenes e Guto Parente. Compreende-se. Imaginemos alguém que nada saiba da dupla e nem do coletivo Alumbramento, do Ceará. Não há como não se espantar diante de uma história encenada em tons dramáticos, flertando abertamente com o kitsch e quase com uma estética camp. Caso … Continue lendo O Inferno são os outros