Quarentena (1). Um panelaço para fechar o dia

Uma hora de caminhada pela manhã, meia hora de natação à tarde. É preciso manter o organismo em funcionamento. Mais que isso não posso fazer por este velho corpo. Tenho outros compromissos. Leio três jornais, sem muita variação sobre os desatinos do mundo e a farsesca política brasileira. Compras no supermercado. Não vi histeria. Mas … Continue lendo Quarentena (1). Um panelaço para fechar o dia