Uma Baía, a poética do Brasil real

Uma Baía, de Murilo Salles, registra o cotidiano de vários personagens que vivem e trabalham às margens da Baía da Guanabara. São oito quadros, em que se destacam ora um indivíduo ora um grupo. Qual o “recorte”? Bem, além da localização geográfica, compõe-se de gente que luta para sobreviver. Não se trata de usar esse … Continue lendo Uma Baía, a poética do Brasil real