Os Primeiros Soldados, os tempos da Aids, sem culpabilizações

Os Primeiros Soldados, de Rodrigo de Oliveira, começa com uma filmagem fake. Quer dizer, um filme dentro de um filme. Neste, vê-se um combatente solitário, perdido na selva, morrendo de fome, e que se diz disposto a cortar e comer uma parte do próprio corpo para sobreviver. É uma espécie de metáfora do que virá. … Continue lendo Os Primeiros Soldados, os tempos da Aids, sem culpabilizações