Mostra 2022: Os Anos de Super-8: Annie Ernaux e o tempo


O cinegrafista é o marido, as personagens, a esposa escritora e os filhos. As locações incluem diversas partes do mundo – a França, claro, mas também Chile, Albânia e União Soviética. A mulher era então uma escritora iniciante e mais ou menos desconhecida. Quem diria que, muitos anos depois das filmagens, realizadas entre 1972 e 1981, ela seria conhecida mundialmente como vencedora do Prêmio Nobel de Literatura? Annie Ernaux, autora de livros curtos, secos e densos, já era conhecida antes da recente premiação da Academia Sueca como autora de livros como O Acontecimento, que virou filme e venceu o Festival de Veneza. Agora, em companhia do filho David, ela se lança como cineasta, com este Os Anos de Super-8, resgatando os filmes da família em seu cotidiano e suas viagens de férias ou em compromissos profissionais.

As filmagens transcendem o mero registro particular. São um álbum de família em imagens móveis, mas também testemunhos de um tempo, de locais que já não são os mesmos, de uma História que mudou de rumo várias vezes e veio a ser esta que agora vivemos, entre espantados e confusos. A matéria-prima do cinema é o tempo, já sabemos. E ele se imprime mesmo nos mais modestos registros domésticos, como é o acaso.

Annie Ernaux cita uma frase de Ortega y Gasset que serviria de epígrafe a esse projeto de cinema: “A única história que temos é a nossa e ela não nos pertence”. De fato, vivemos imersos na História. Vivemos ou sofremos com a matéria do nosso tempo. Outro filósofo dizia: os homens fazem a História, mas não a fazem como querem…”Está no 18 de Brumário.

Annie Ernaux é sensível a essas questões. Basta ler seus livros, como Os Anos e O Lugar. Ela é o que na França se chama de uma “transfuge de classe”. Atravessa classes sociais e portanto pode vê-las com mais clareza e distanciamento. Filha de pequenos comerciantes da Normandia, consegue chegar à Universidade, cursa Letras, torna-se professora e escritora. E agora, Prêmio Nobel. Sua própria vida é um posto de observação privilegiado da sociedade de classes e de como ela funciona em termos de inclusões seletivas e exclusão.

Há uma passagem marcante de O Acontecimento. Ela faz o aborto clandestino, sofre complicações e vai parar numa emergência hospitalar. É atendida de maneira brutal pelo médico de plantão. Depois ouve a enfermeira dizer ao médico que ela era uma estudante universitária. Ouve a resposta: “Por que não me avisaram antes? Se soubesse, eu teria atendido de outro jeito.” Precisa comentar?

Esse sentido agudo de observação acompanha a agora cineasta Annie Ernaux, comentadora dos filmes registrados por seu marido, Philippe Ernaux. São observações argutas sobre os países que visita, as paisagens registradas pela câmera, as pessoas encontradas e com as quais convive a família Ernaux. As imagens são extraordinárias, em sua beleza, mas também em sua precariedade. Parecem às vezes ruínas de imagens, restos de registros. Ela mesma, Annie, diz que as imagens não bastam. Precisam ser cobertas por uma fala do presente, que as reorganiza e lhes confere outro sentido. Uma perspectiva histórica, se se quiser. Um testemunho sobre a vida e sobre si mesma, agora a uma distância de mais de 40 anos.

A matéria do cinema é o tempo. O tempo, fugaz para os seres humanos, congelado no material químico do filme e que retorna à vida a cada vez que alguém o vê. Ars longa, vita brevis. É muito emocionante.

Horários de exibição

26/10

21:20

CINEMATECA – SALA GRANDE OTELO

27/10

14:00

CINE MARQUISE Sala 1

28/10

15:50

CINESESC

30/10

20:40

ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA – FREI CANECA 2

Publicidade

Um comentário em “Mostra 2022: Os Anos de Super-8: Annie Ernaux e o tempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.