A inteligência artificial e a crítica de cinema


Como metade da humanidade, comecei a brincar com o chatGPT, a máquina de inteligência artificial. Fiz algumas perguntas e ela me respondeu. De maneira até surpreendente para uma máquina.

Então resolvi aplicar a inteligência artificial à minha área de atuação. Pedi uma crítica de uma das obras-primas do cinema, A Doce Vida, de Federico Fellini, filme de 1960.

Eis o que escreveu:

"La Dolce Vita" é um filme de Federico Fellini que foi lançado em 1960. O filme é considerado um dos mais influentes da década de 60 e é amplamente considerado como uma obra-prima da arte cinematográfica. A trama gira em torno de Marcello Rubini, um jornalista de moda que vaga pelos clubes noturnos de Roma, tendo aventuras românticas e procurando sentido na vida.

A direção de Fellini é excelente, e ele consegue capturar a atmosfera da época com uma sensibilidade única. O filme é repleto de cenas notáveis, incluindo uma cena icônica na fonte de Trevi e uma série de momentos de alta intensidade dramática. Além disso, a fotografia é incrível, e a trilha sonora é uma adição perfeita à atmosfera geral do filme.

No entanto, o filme também é controverso, e muitos argumentam que é moralmente ambíguo e questionável em termos de valores. Alguns críticos argumentam que a representação de mulheres no filme é desrespeitosa e misógina. No geral, "La Dolce Vita" é um filme complexo e desafiador que provavelmente não agradará a todos, mas é uma obra-prima importante da história do cinema.

Não fiquei contente. Questionei no texto a suposta misoginia do filme e se isso não seria uma concessão ao pensamento politicamente correto, anacrônico em se tratando de uma obra de 1960.

Eis a resposta:

“Como modelo de linguagem artificial treinado pela OpenAI, não tenho opiniões pessoais ou posições políticas. A minha função é fornecer informações precisas e imparciais sobre assuntos requisitados.

No entanto, é importante lembrar que a representação de gênero e a representação de mulheres em particular é um assunto muito complexo e polêmico. Muitas pessoas argumentam que a representação de mulheres em "La Dolce Vita" é misógina e ofensiva, enquanto outras acreditam que essas críticas são uma concessão ao pensamento politicamente correto. No final, a interpretação da representação de gênero em "La Dolce Vita" e em outros filmes é subjetiva e depende do contexto cultural, político e histórico do espectador.”

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.