Há 60 anos, o primeiro 007…e a primeira Bond Girl

Há 60 anos estreava O Satânico Dr. No, primeiro título da franquia James Bond. De lá para cá tudo se transformou e o agente 007 foi encarnado por diversos atores. Mas o primeiro Bond a gente não esquece. E este primeiro agente com licença para matar surge na tela grande na pele do insuperável Sean … Continue lendo Há 60 anos, o primeiro 007…e a primeira Bond Girl

Eike: Tudo ou Nada, ou a fragilidade dos poderosos…e de todos nós

Tardiamente, Rô e eu fomos ver Eike: Tudo ou Nada, dirigido por Andradina Azevedo e Dida Andrade. Digo que fomos vê-lo com atraso porque o filme já entrou em cartaz faz algum tempo, foi mal de bilheteria e está de saída do circuito - pelo menos aqui em Santos. Fui ao cinema meio com o … Continue lendo Eike: Tudo ou Nada, ou a fragilidade dos poderosos…e de todos nós

Prêmios do júri oficial, do público e da crítica para ‘A Mãe’ no Festival de Vitória

A atriz Marcélia Cartaxo e o cineasta Cristiano Burlan recebem seus troféus em Vitória VITÓRIA - São raros os vencedores da chamada “tríplice coroa” em festivais de cinema. O longa-metragem de São Paulo ‘A Mãe’ chegou lá. Foi considerado melhor filme pelo júri oficial, viu-se eleito pela votação popular e convenceu a crítica de que … Continue lendo Prêmios do júri oficial, do público e da crítica para ‘A Mãe’ no Festival de Vitória

Vitória 2022: Germino Pétalas no Asfalto e Bete Mendes em noite de Lula-lá

VITÓRIA - Em filme anterior, Limiar, o casal Coraci Ruiz e Julio Matos acompanha o processo de transição de gênero da filha adolescente, de Violeta a Noah. Agora, em Germino Pétalas no Asfalto, retrata o desenvolvimento do processo de transição de Jack.  Nesse segundo filme, não se trata apenas de registrar os avanços no processos … Continue lendo Vitória 2022: Germino Pétalas no Asfalto e Bete Mendes em noite de Lula-lá

Vitória 2022: ‘Ursa’ e a violência urbana

VITÓRIA - Com o paranaense Ursa, de William de Oliveira, prosseguiu a mostra competitiva de longas do Festival de Vitória. Não é um mau filme. Registra um ataque de cães pitbull a crianças e seus desdobramentos trágicos. Há a preocupação primeira de construção do ambiente e de personagens. De um lado, o rapaz com pinta … Continue lendo Vitória 2022: ‘Ursa’ e a violência urbana

No Festival de Vitória, A Mãe de Todas as Lutas

VITÓRIA - A Mãe de Todas as Lutas, de Susanna Lira, foi o segundo longa da mostra competitiva do Festival de Vitória. Não tem esse título por acaso. Coloca a luta pela terra no centro das reivindicações do povo brasileiro por melhores condições de vida. Desse modo, lá comparecem das Ligas Camponesas, de Francisco Julião, … Continue lendo No Festival de Vitória, A Mãe de Todas as Lutas

‘A Mãe’, com Marcélia Cartaxo, dá início ao Festival de Vitória

VITÓRIA - Começou o 29 Festival de Cinema de Vitória, com a exibição de cinco curtas-metragens capixabas e A Mãe, de Cristiano Burlan, primeiro da mostra competitiva de longas-metragens nacionais. O filme foi apresentado (e premiado) no recente Festival de Gramado. Por isso, não repito a crítica que fiz na ocasião (leia aqui).https://luizzanin7.wordpress.com/2022/08/13/gramado-2022-a-forca-de-marcelia-cartaxo-em-a-mae/ Digo apenas … Continue lendo ‘A Mãe’, com Marcélia Cartaxo, dá início ao Festival de Vitória