‘Alice e o Prefeito’, o debate entre inteligência e política

Desconfio que Alice jamais seria contratada por um político brasileiro. No entanto, ela se torna protagonista de Alice e o Prefeito, bom drama e comédia reflexiva de Nicolas Pariser. Paul Théraneau (Fabrice Luchini) é prefeito de Lyon, um político em ascensão que pode aspirar à presidência. Acontece que Paul sofre de um mal muito comum … Continue lendo ‘Alice e o Prefeito’, o debate entre inteligência e política

A morte de Maurice Capovilla, o nosso Capô

A nota triste do sábado é a morte de Maurice Capovilla, aos 85 anos. Capô, como todo mundo carinhosamente o chamava no meio cinematográfico, foi diretor de talento. Entre seus vários filmes, destacam-se documentários como Subterrâneos do Futebol (1965) e ficções como Bebel, Garota Propaganda (1967), O Profeta da Fome (1970) e O Jogo da … Continue lendo A morte de Maurice Capovilla, o nosso Capô

‘Alvorada’, os bastidores de um golpe contra a democracia

Alvorada, de Lô Politi e Anna Muylaert, chega agora aos cinemas depois de ter passado pelo festival de documentários É Tudo Verdade. Sem fazer jogo de palavras, não vejo outra definição para ele senão a de “filme crepuscular”. Em tom melancólico, registra a intimidade da residência presidencial entre a abertura do processo de impeachment e … Continue lendo ‘Alvorada’, os bastidores de um golpe contra a democracia

Meu comentário semanal na TVT (21/5/21)

Falo dos 90 anos da primeira exibição do clássico 'Limite', de Mário Peixoto. Emendo com as estreias do argentino 'A Barqueira' e do dinamarquês 'Holiday'. Completo com o comentário da série brasileira 'Onde Está meu Coração', na Globo Play. https://www.youtube.com/embed/Mu7H6mlpA2A

Limite: 90 anos esta noite

Há exatos 90 anos, dia 17 de maio de 1931, foi exibido, no Cine Capitólio, no Rio de Janeiro, um filme destinado a se tornar mítico - Limite, dirigido por um jovem de 22 anos, Mário Peixoto. Reza a lenda que a recepção não foi lá muito efusiva. Começou ali a errática trajetória de Limite, … Continue lendo Limite: 90 anos esta noite

Cid Moreira, a voz que desejava boa noite, mesmo em tempos difíceis

Cid Moreira deu boa noite ao público brasileiro cerca de 8 mil vezes durante os 27 anos em que apresentou o Jornal Nacional na Rede Globo de televisão. Daí que um documentário sobre o apresentador só poderia mesmo se chamar Boa Noite, como percebeu a diretora Clarice Saliby. Há várias escolhas a serem feitas num … Continue lendo Cid Moreira, a voz que desejava boa noite, mesmo em tempos difíceis

Tribunal e O Discípulo: dois filmes para um mergulho na cultura indiana

Chaitanya Tamhane: guarde esse nome. Trata-se de um ainda jovem diretor, nascido em 1987 na Índia. Seus dois primeiros filmes encontram-se disponíveis em streaming (Netflix) e dão ideia de quanto um talento de cinematografia não hegemônica custa a chegar por aqui. Tribunal (2016) e O Discípulo (2021) são originais e intensos. Mergulham na realidade indiana … Continue lendo Tribunal e O Discípulo: dois filmes para um mergulho na cultura indiana

A arte da crítica (24): o limite da crítica

Há uma nota, ou um pequeno capítulo de O Autor no Cinema, que Jean-Claude Bernardet intitula de “O gosto, o amor pela obra e o crítico”. Do modo que foi lido por mim, esse pequeno texto fala dos limites da crítica. Transcrevo-o, antes de comentá-lo, porque é curto, denso e inspirador. “Em banca de doutorado, … Continue lendo A arte da crítica (24): o limite da crítica